Tratamentos e Procedimentos

Exame morfológico de primeiro trimestre

Este exame é realizado entre 10 e 14 semanas por via abdominal, entretanto a via transvaginal permite imagens de maior qualidade.


Neste exame é realizada a medida da translucência nucal, que será utilizada como principal indicador para dizer se o bebê tem um risco alto ou baixo para ter alguma síndrome genética. Também é utilizado como complemento na avaliação o reconhecimento do osso nasal.


Através de estudo doppler fazemos a avaliação do ducto venoso que nos capacita a avaliação de riscos cardíacos no feto.


Em sintese, estudamos a translucência nucal ( TN), osso nasal e ducto venoso.

Aumentar Fonte Imprimir
Compartilhe: