Lições para uma vida saudável

28/ABR

Lições para uma vida saudável



Realizar exames médicos periódicos, cortar o cigarro, cuidar da alimentação e praticar atividades físicas. Os maiores especialistas brasileiros da área da saúde garantem que o segredo para manter uma vida longa, saudável e com equilíbrio está nessas quatro atitudes. Parece muito simples, não é?



Algumas pesquisas apontam que os brasileiros não se exercitam, não controlam a alimentação e não cultivam o hábito de fazer exames médicos. "Não estamos acostumados com a prevenção, só com o tratamento. A conscientização só vem depois de uma experiência traumática", revela a mastologista (especialista em mamas) Maira Caleffi, presidente da Federação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Apoio à Saúde da Mama.



Fugindo à regra, a atriz Eliane Giardini prefere investir na prevenção. "Aprendi a dormir e acordar cedo, ter uma alimentação saudável e evitar gorduras pesadas. Procuro me exercitar e busco o equilíbrio interior", revela.



Faça como a Indira, de Caminho das Índias: tente seguir os conselhos dos melhores médicos do Brasil. Eles atendem gente famosa, trabalham nas instituições mais conceituadas do país e estão por dentro das melhores novidades em tratamentos e medicamentos. Veja o que eles ensinam. 



GINECOLOGISTA



Albertina Duarte, coordenadora do Programa de Saúde do Adolescente da Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo. Esteve à frente do Programa de Saúde da Mulher do Hospital das Clínicas de São Paulo:



1. Use camisinha sempre 

O preservativo só pode ser dispensado quando você quer engravidar. Mesmo em um casamento estável, ele deveria ser obrigatório.



2. Não se conforme com a dor

Nenhuma mulher precisa sentir cólicas, dor durante o sexo ou falta de prazer. Há tratamentos para afastar esses problemas.



3. Descubra a sua "pílula"

Há muitos tipos de anticoncepcional no mercado. E um deles servirá como uma luva para você, sem qualquer tipo de efeito colateral. Evite ter de recorrer à pílula do dia seguinte.



4. Reconheça o seu ciclo menstrual

Quando você entende a regularidade de sua menstruação e a intensidade das cólicas, fica mais fácil perceber se há algo errado.



5. Coma bem para não sofrer com a TPM

Dez dias antes de menstruar, coma alimentos diuréticos, como chás e sucos de limão, melancia, tomate e pepino.



6. Faça exames ginecólogicos todo ano

Exija o papanicolau, que serve para detectar o câncer de colo de útero.



7. Cuide-se antes da menopausa

Assim, você garante um envelhecimento tranquilo. Consuma alimentos com cálcio e ferro, para fortalecer os ossos.





PSIQUIATRA



Valentim Gentil Filho, professor da Universidade de São Paulo (USP). Especialista em depressão, síndrome do pânico e transtorno bipolar:



8. Respeite a sua natureza

Ir além dos próprios limites pode fazer uma pessoa entrar em colapso. A sociedade de hoje exige muito da gente. Se você cede a tudo, acaba ficando estressada. Isso pode levar você a desenvolver depressão ou transtornos de ansiedade.



9. Não maltrate seu corpo

Mantenha sempre bons ritmos. Coma e durma nas horas certas. Reserve um tempo para não fazer nada -- isso é valioso. Evite cigarro e álcool. Tudo isso é importante para que a mente fique tranquila.



10. Durma bem

Pessoas que não dormem direito têm reações excessivas diante de experiências negativas.



11. Lide bem com as emoções

Sobreviver às dificuldades comuns a todos é uma maneira de se manter firme.



DERMATOLOGISTA



Omar Lupi, presidente da Sociedade Brasileira de Dermatologia e professor da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ):



12. Use protetor solar

Só ele protege a pele de um câncer e das manchas da idade. O ideal é usá-lo todos os dias, mesmo quando o céu estiver nublado.



13. Hidrate a pele

Essa atitude simples ajuda a retardar o envelhecimento, mantém a pele saudável durante o dia e cria uma barreira para impedir que a pele perca água. Use hidratantes sem perfumes fortes, para não correr o risco de ter uma alergia.



14. Beba muita água

Essa é a maneira mais simples de hidratar a pele. E os benefícios valem para o organismo todo.



15. Aposte nos cosméticos certos

A partir dos 25 anos, procure um dermatologista. Ele poderá indicar os melhores produtos para o seu tipo de pele. Há ótimos cosméticos com preços acessíveis.



ENDOCRINOLOGISTA



16. Fique atenta às mudanças no seu corpo

Ganhou peso demais, teve uma alteração repentina de humor, o cabelo começou a cair? Tudo isso pode ser sintoma de que há algo errado com os seus hormônios. Diante de uma mudança brusca, procure um endocrinologista.



17. Controle a sua alimentação

Mantenha uma dieta equilibrada e recheada de carboidratos complexos, como cereais, pães e arroz integral. Isso ajuda a manter os hormônios sob controle.



18. Faça consultas periódicas com um endocrinologista

Ele é o profissional que pode fazer os exames certos para determinar se está tudo bem com os hormônios do seu corpo. Algumas doenças surgem de uma hora para outra e sem motivo aparente. Por isso, é importante fazer um checape anual.



CARDIOLOGISTA



Ari Timerman, presidente da Sociedade de Cardiologia de São Paulo, chefe da seção de emergências do Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia:



19. Controle seu peso

Quem está muito acima do peso maltrata o coração, que precisa trabalhar mais para bombear sangue para o corpo todo. Isso pode levar o órgão a um colapso.



20. Fuja da depressão

Ela ameaça o músculo cardíaco porque desequilibra o sistema nervoso, gera uma reação em cadeia e bagunça os hormônios que controlam sua atitude nas situações de estresse. O excesso desses hormônios aumenta a tensão nos vasos sanguíneos e prejudica o coração.



21. Faça um esporte

Quem não se exercita tem muito mais chances de sofrer um infarto do que as pessoas fisicamente ativas.



22. Tome meia aspirina por dia

Em adultos que têm problemas cardíacos na família, esse remédio reduz o risco de formação de coágulos sanguíneos que podem levar ao entupimento de artérias.



GASTROENTEROLOGISTA



23. Mantenha a cabeça em ordem

As principais doenças ligadas ao sistema digestivo estão relacionadas ao estresse e à ansiedade. De todas as partes do corpo, o estômago é a que mais sofre influência do emocional.



24. Alimente-se em ambientes adequados

Não coma correndo ou em locais estressantes. Nesse momento, você precisa se desconectar dos problemas.



25. Evite se deitar após as refeições

O estômago demora mais tempo para esvaziar. Isso pode prejudicar o órgão e causar refluxo -- quando os alimentos ingeridos voltam pelo esôfago. 



26. Pratique uma atividade prazerosa!

Não importa o tipo de exercício: ele ajuda a relaxar o organismo e a mente. Isso contribui para espantar a ansiedade e o estresse.



27.Não beba muito enquanto come

Isso atrapalha a digestão. O ideal é ingerir, no máximo, meio copo de água durante as refeições.



28. Coma muita fibra

Esse nutriente regula o funcionamento do intestino e evita a prisão de ventre. Esse é um dos principais problemas que acometem esse órgão, principalmente nas mulheres. Invista em frutas e legumes em todas as refeições.

 

Fonte: M de mulher

Deixar comentário