Exames pré-nupciais

16/JUN

Os preparativos para o enlace matrimonial vão além da escolha do local da festa, da comida e da decoração. Entre os inúmeros detalhes que devem ser planejados para que esse momento tão importante seja perfeito, está o cuidado com a saúde dos noivos, tarefa tão importante quanto à escolha do vestido da noiva, e que por isso não pode ficar de fora da lista de pendências.


Mesmo que ambos já tenham uma vida sexual ativa é fundamental que o casal realize os exames pré-nupciais para evitar problemas futuros. Por exemplo, com o casamento inicia-se uma família e quando chegar a hora de ter filhos, a gestação pode ser prejudicada por uma doença sexualmente transmissível (DST) existente desde os tempos de namoro e que já poderia ter sido curada.


Para que isso não ocorra é necessário realizar uma série de exames de sangue, urina e imagem para verificar se está tudo bem com a saúde de ambos. As avaliações pretendem verificar a existência de DST’s e de outras doenças que podem afetar uma futura gestação e a vida a dois, como toxoplasmose, rubéola, diabetes, colesterol, níveis hormonais e tipo sanguíneo. Também é possível fazer testes de fertilidade, principalmente se a mulher já tiver mais de 35 anos, idade em que os óvulos começam a perder a qualidade e a gestação necessita de mais atenção.


Os procedimentos podem não ser os mesmos para o homem e para mulher, alguns exames variam de acordo com o sexo e com o histórico de doenças familiares. Além disso, durante a consulta médica também será possível esclarecer quaisquer dúvidas que o casal tenha em relação ao corpo, sexualidade, métodos contraceptivos, entre outros assuntos de saúde. 


 

Fonte: www.gineco.com.br

Deixar comentário