Semana da Incontinência Urinária pede atenção

11/MAR

A semana da incontinência urinária, celebrada de 9 a 14 de março, chama a atenção para o problema que afeta milhões de brasileiros, sendo idosos e mulheres a maior parte da população afetada.


A doença prevalece sobre o sexo feminino, sendo duas vezes mais comum que nos homens. A enfermidade é caracterizada pela vontade incontrolável de urinar. As mulheres são mais atacadas por ela, por questões anatômicas, hormonais e devido à gravidez.


A doença ainda gera problemas sociais, emocionais e psicológicos ao paciente, de acordo com a médica. “Muitos deixam de realizar atividades cotidianas que possam afastá-los do banheiro por algum tempo. É muito importante saber que a maioria das causas de incontinência pode ser tratada com sucesso ou amenizada. A consulta com um especialista é essencial para diagnosticar de forma correta a doença que está causando a incontinência e tratá-la o quanto antes”, conclui a diretora.


De acordo com a organização mundial da saúde (OMS), cerca de dez milhões de brasileiros, ou 5% da população do país, sofrem da doença. O problema se dá pela falta de controle para urinar e pode ser evitado com exercícios ou cirurgia, para os casos mais graves.

Fonte: SOGIMIG

Deixar comentário